Falhas de Servišo Postal nos CTT em Braganša
ctt.jpg

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda tem recebido várias denuncias da população do concelho de Bragança, sobre o atraso sistemático na distribuição postal feita pelos CTT no concelho. Dizem os moradores que recebem cartas com vários dias de atraso. Algumas dessas cartas - faturas da eletricidade, da água, ou de serviços de comunicação - chegam já depois de ultrapassado o prazo de pagamento das faturas. Esta situação, por se ter tornado persistente, prova que a distribuição postal não está a ser feita devidamente e está a causar grandes transtornos à população.

No passado mês de agosto, o Sindicato Nacional de Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT), denunciou a falta de carteiros no concelho de Bragança. Segundo os dados do sindicato, fazem falta mais de uma dezena de carteiros para suprimir as necessidades prementes e garantir um bom serviço postal aos cidadãos.

O Bloco de Esquerda considera que é crucial a contratação dos trabalhadores em falta, sendo inaceitável que esta situação seja prática recorrente por parte da administração dos CTT. O Governo deve exigir o cumprimento dos critérios de qualidade do serviço postal universal que se encontra estipulado no contrato de concessão